Moda

Continência para o styling

04/05/2016


Look militar volta como tendência, saiba como usá-lo

Fotos internet.

O tecido camuflado surgiu para que os soldados pudessem avançar nos campos de batalha de forma despercebida pelo inimigo, por isso a ideia é que haja semelhança entre a paisagem e a farda. E, dos campos de batalha para as streets, o militar tornou-se composição obrigatória nos looks das fashionistas.
Segundo Anna Barros, consultora de imagem, além do padrão camuflado característico, o look militar abrange o conceito de austeridade/simplicidade imposto pela Segunda Guerra Mundial, devido à escassez de recursos. E não eram apenas os homens que usavam fardas. “As mulheres também participaram da guerra, por exemplo, como enfermeiras e por isso foram desenvolvidos uniformes militares femininos”, diz.

 

Foto: jbitten.wordpress.com

Peças fundamentais

Esse estilo, também conhecido como utilitário, traz para a roupa formas simples, bolsos, capuz, detalhes militares como: ombreiras; tachas e casacos transpassados com abotoamento duplo. “Outros exemplos de peças com referências militar: parka, trench coach, óculos aviador, cintos ou outros acessórios com aplicação de tachas em ouro velho”, explica Anna.
As cores que compõe o look camuflado podem apresentar várias tonalidades de marrom e verde, indo do claro ao escuro. Exemplo: verde militar, mostarda, cinza, verde musgo e bege.

Fotos: banco de imagem

Componha um look, não uma farda

A ideia é escolher peças pontuais dentro dessa referência e misturar com outras diferentes, para não ficar caricato. Por exemplo:

Calça camuflada capri com blusa branca de seda + uma sapatilha preta. Use com uma bolsa de tamanho médio de um dos tons do camuflado;

Parka mostarda acinturada com uma calça jeans de lavagem escura e corte reto. Use com scarpin nude e uma clutch, para agregar feminilidade ao look;

Vestido listrado de malha azul e branco + trench coach nude+ tênis branco + bolsa grande preta.

 

Veja outras composições e inspire-se:

 

Foto: supervaidosa.com

Foto: www.aliexpress.com

Foto: www.glam4you.com

 

Dica da especialista

Importante prestar atenção ao tipo de ambiente para usar a tendência, que não é bem-vinda em qualquer lugar ou ocasião. “Excluindo locais formais de trabalho ou festas com nível de formalidade mais elevado, como por exemplo com exigência de traje de gala, a referência militar está liberada, pois depende da composição de peças que usará, bem como o tecido no qual as peças são feitas”, finaliza a consultora.
E você, curtiu a tendência? Já usou? Mande para gente como você gosta de montar seu visual, sempre ligadinha aqui, no Supermulheres.tv.


Conteúdo por

Michele Barbosa


Jornalista e blogueira que ama o que faz. Sempre atrás de curiosidades, gosta de conhecer lugares diferentes e é antenada em tudo o que acontece em Sampa. Espontaneidade e improviso formam sua marca registrada.

Mais vistos